X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
PUBLICIDADE

Era Digital

A Era digital trouxe uma grande transformação nas relações pessoais e apesar dos inegáveis benefícios na facilidade de comunicação, interações pessoais e trabalho, atualmente ela está relacionada à vários problemas de saúde mental.

Era Digital
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

 

Era Digital

A Era digital trouxe uma grande transformação nas relações pessoais e apesar dos inegáveis benefícios na facilidade de comunicação, interações pessoais e trabalho, atualmente ela está relacionada à vários problemas de saúde mental.

Nas crianças e adolescentes é ainda mais evidente e preocupante o uso nocivo das novas tecnologias: dependência de redes sociais e jogos eletrônicos, exposição à informações e conteúdos inadequados, susceptibilidade à riscos diversos com o excesso de exposição de intimidades.

Atualmente é cada vez mais comum em consultórios de saúde mental de crianças e adolescentes problemas relacionados ao Bullying através do meio virtual, o chamado Cyberbullying.

As imagens, agressões e difamações espalham-se no ambiente escolar e nos grupos e redes sociais de forma muito rápida, e estas informações perpetuam-se no ambiente doméstico. Um único episódio pode ser muito prejudicial, acarretando danos importantes na saúde mental.

Por esta razão, é cada vez mais comum estes episódios estarem relacionados à sintomas ansiosos e depressivos, queda no rendimento ou abandono escolar, isolamento social, alterações de comportamento, cutting ou autolesões, e até mesmo suicídio.

Também é importante ressaltar a relação da criança ou adolescente que pratica o Bullying com algum transtorno mental. Isto porque muitos transtornos mentais nesta idade cursam com impulsividade, irritabilidade e agressividade. Sendo assim, é importante identificar no autor do Bullying um possível transtorno mental como causa. Muitas vezes estes adolescentes são expulsos da escola onde causaram o problema e não demora muito para a situação se repetir em outra escola, gerando cada vez mais problemas e agravando os sintomas.

Na maioria das vezes os pais e responsáveis não tem conhecimento de situações graves vivenciadas pelas crianças, por isso é importante sempre ficar atento aos conteúdos acessados por eles, e as informações trocadas em grupos e redes sociais.

Diante desta realidade, ações educativas e de promoção de saúde são importantes dentro do ambiente escolar.

Pensando na gravidade deste problema, a Opysaude, clínica psiquiátrica especializada em saúde mental da infância e adolescência, em parceria com o escritório Santa Cruz de advocacia, especializado em direito digital e escolar, criou o projeto ASEAT (Assessoria de Segurança e Educação em Alta Tecnologia). As ações da ASEAT incluem palestras e oficinas nas escolas para estudantes, pais e professores.

Estes encontros têm acontecidos em algumas escolas no Distrito Federal e em outras cidades, com intuito de educar os estudantes para uso adequado das novas tecnologias digitais, e alertar também pais e educadores quanto aos sinais de um possível transtorno mental associado e envolvimento em Cyberbullying.

Para maiores informações e solicitar palestras ou oficinas nas escolas, consulte os sites

www.opysaude.com.br

www.aseat.com.br

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Era Digital

Enviando Comentário Fechar :/
PUBLICIDADE